6 de outubro de 2010

A harmonização entre vinho e comida


Harmonizar vinhos e comida é como um casamento: eles devem se complementar, apresentar compatibilidade entre si.
O vinho é, entre as bebidas, o melhor companheiro de um bom prato, pois pode proporcionar momentos sublimes a quem experimenta e vivencia esse “casamento” harmonioso.
Veja algumas regras que irão facilitar a construção de um casamento perfeito em sua mesa.

Dicas:

• Harmonizar patês de fígado - Vinho meio doce (Riesling), tinto leve e frutado (Beaujolais).
• Harmonizar peixes defumados - Champagne blanc de blancs, Chardonnay levemente acarvalhado ou brancos secos Alsacianos.
• Harmonizar peixes gordurosos (Bacalhau) - Branco encorpado ou tinto leve.
• Harmonizar carnes brancas (ave, vitela, coelho) - Branco estruturado ou tinto leve.
• Harmonizar carnes vermelhas - Tinto de médio corpo.
• Harmonizar carnes escuras - Tinto encorpado.
• Harmonizar queijo de cabra - Vinho branco ácido (Sauvignon Blanc).
• Harmonizar queijo de massa dura - Tinto envelhecido (pouco tânicos).
• Harmonizar queijo roquefort - Vinho do Porto, Sauternes, madeira, tinto maduro.
• Harmonizar frutas frescas ou salada de frutas - Espumante demi-sec.

Veja que harmonizar é mesmo uma arte que vamos aprendendo pouco a pouco. À medida que vamos tomando um ou outro vinho harmonizado com esta ou aquela comida vamos aprendendo a fazer a escolha de um vinho adequado tomando-o na temperatura correta. 

Uma amiga enóloga deu uma dica importante para completar o nosso texto:
Vale dizer que o gosto de cada um é que sempre deve contar na escolha.
Vinho bom é aquele que você gosta e pronto!!! :)

5 comentários:

  1. O meu cardiologista, me recomendou uma taça ao dia, pois faz bem ao coração.

    ResponderExcluir
  2. Isso ai Cézinha.... beba com moderação hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Eu prefiro nao arriscar, tomo umas 3 taças pra garantir hehe.

    ResponderExcluir
  4. hahahahahaha.... brindemos então! kaka

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Um grande abraço,
Equipe O-Sobretudo!